quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

Bom dia gato!

Dormi as 02:00h, quer dizer... tentei... a patroa a cada 20 minutos começava a falar sobre C++, Java ou me pedir desculpas por ter batido em mim (Só era o que faltava, a mulher agora tá sonhando batendo em mim).

A Compesa além de transformar Recife na superfície da lua, retirou a água do meu bairro, agora só quem tem um motor para puxar água dos canos públicos tem direito a banho (E como não falta Gerson nessa bosta de país... Os que tentam fazer o correto se fodem).

Sem dormir, sem banho, sem café da manhã... Lá vou eu ainda dormindo levar o filho na escola e a cara metade para pegar seu busão (Quando ela comprar o carro dela, vendo o meu e vou de carona... Irei fazer de tudo para sair atrasado todos os dias... Ah... levarei 20 minutos para fazer o processo de desembarque do carro para a parada do ônibus...).

No caminho de volta ao lar, tem uma Pajero parada na minha frente...
Identificar o perfil de um dono de Pajero no Nordeste é fácil. Se é um modelo novinho em folha, o dono é rico e tem uma bela casa de campo ou praia, ou ainda é um executivo que queria um carro blindado. Se a Pajero é um modelo bem velhinho, como esse que estou citando, pertence ou a um cantor brega (Brega no pior sentido, porque até brega hoje é uma denotação corrompida) ou um matudo grosso que tinha jurado a padre Cícero que até morrer iria ter uma Toyota Bandeirantes... Pra ficar na moda o lezinho compra uma Pajero caindo aos pedaços, mas é Pajero.

Bem, sou viciado em ler frases de pára-brisas de veículos, particularmente os temas evangélicos. Sim, evangélicos tem o dom de criar frases que são verdadeiras charadas, na verdade incompreensíveis para pagãos safados como um cara que eu conheço e fico incorporado nele 24 horas por dia (Ui... agora você ficou com medo... Vai de reto satanás... [Tá, se não entendeu depois explico a diferença de reto e retro])

Voltando...
Tá lá na Pajero...

Este gato, é gato
o gato, melhor gato


Ai a maldita arranca e me deixa intrigado com aquelas palavras que me pareciam tão esclarecedoras, quem sabe não estaria ali minha salvação (Porra, eu preciso de salvação em tantas áreas que faltaria super-heroi nos roteiros da Marvel e durante os próximos 20 anos eu seria quadro fixo no Gugu e Faustão, e tome pobre chorando em casa, picos de audiência de 70%, os outros 30% seriam os telespectadores que estariam no dia do seu próprio velório).

Isso tudo me passou na cabeça como um flash - Preciso alcançar aquela caminhonete azul borrado. Nessa hora senti toda a potência do motor 1.0 do Gol ultima geração. Ai passou um ciclista me cortando e jogou minhas ultimas esperanças no lixo (Ultima mesmo, a penúltima tinha ido para o saco ontem com o resultado negativo da mega-sena).

Como Deus escreve por linhas tortas, e é um cara de um humor negro impagável, consigo alcançar a danada da Pajero no semáforo e finalizo minha leitura.

Este gato, é gato
o gato, melhor gato
meio gato, de gato
manter gato, um gato, idiota gato
distraído gato, por 20 gato, segundos gato.

Ah! Não entendeu nada? Então, experimente ler sem a palavra GATO



Postar um comentário