quarta-feira, 15 de junho de 2011

Gusgus, Cosmic Gate e um ano quente!


Depois de um 2010 pra lá de desenergizado, mesmo que tenha sido cheio de festas (no meu caso, 5 festas é o mesmo que dizer boêmia diária), eu ainda prefiro o doce lar e conversas em roda de amigos.

Só que, para minha sorte, Recife é uma cidade multicultural. Nunca pensei que iria ver ao vivo os DJs que mais gosto (Paul Van Dyk, Tiesto e Above & Beyond), mas estive em todas essas badernas :)

Mas ainda faltava ver os alemães do Cosmic Gate... Não falta mais.

E como já não tenho mais idade para ficar frequentando festas para geração y, jurei para mim mesmo que essa seria a ultima.

E para meu desconsolo, o Above & Beyond lança um disco novo (Group Therapy), que é o mais puro e limpo lounge music, com boa parte das músicas na voz do Richard Bedford. Outras com a doce voz da Zoë Johnston.

Above & Beyond feat. Richard Bedford - Sun & Moon


A qualidade das composições e o já famoso teclar de piano misturado com o baticum, deixa você com vontade de dançar e sorrir durante todas as faixas. 99.9% de chances do Above & Beyond figurar no primeiro lugar de todas as revistas especializadas como melhores DJs do ano!

Eles já vieram 3 vezes ao Recife, o Cosmic Gate também, e eu sempre digo para meus amigos ou gente do resto do país que vem curtir festas por aqui... Não tem pra ninguém, é o melhor lugar para farra do mundo. E já visitei as melhores noitadas do país (SC, SP e RJ).

Tive o prazer de cumprimentar o Claus Terhoeven e o Stefan Bossems após a apresentação, e os caras são gente boa pracarai!

Depois desse disco novo do A&B, e relembrar que esses caras que estão atrás das pick ups digitais, são até mais velhos que eu, irei esperar o próximo show do A&B para me aposentar :)

E se você não curte musica eletrônica, nem imagina o quanto é divertido... Até no frio da Finlândia esse ritmo faz tudo ficar mais alegre e quente:

GusGus in Harpa ('Within You' and 'Over')


A descrição do Gusgus no Last.fm é hilária:

Os Gus Gus são de Reikjavík e formaram-se em 1995. O grupo é constituído por um conjunto bizarro de artistas, produtores, realizadores e DJsO estilo da banda é mais conhecido como trip-hop.O nome Gus Gus teve inspiração num filme alemão de 1974 intitulado “Fear Eats the Soul” de uma cena onde uma prostituta cozinha couscous mas, pronuncia “Gus Gus”.

O mais novo disco (Arabian Horse) dos finlandeses é uma verdadeira obra de arte. E se você viu o vídeo acima, notou que eles fazem música eletrônica da mesma forma que o Kraftwerk fazia nos anos 60/70, ou seja, divirta-se com seu trabalho, só assim o resultado final será legal!

Postar um comentário