quarta-feira, 25 de janeiro de 2006

The Politics of Dancing 2 - PVD

De tempos em tempos surgem personagens que fazem a diferença. Mesmo que isso não esteja bem nos planos desses humanos que sobem ao altar magnânimo das figuras quase sobrenaturais. Paul Van Dyk chegou aos céus, mas vivo e muito vivo. Esse alemão com ar de tímido, tem uma lista de apresentações que deixaria as viagens do Lula parecendo trajeto de ida e volta a escola.
The Politics of Dancing 2 é a prova de que até música para dançar pode ser algo poético. Paul é um maestro regendo os bits e bytes do Trance melódico. Algo que ainda não é muito fácil de ser assimilado por ouvidos que não se desenvolveram de acordo com a regra Darwiniana.
Essa compilação carrega 2 CDs que fazem uma festa em qualquer lugar do planeta, inclusive dá para notar as misturas tão suaves (nem sempre) que o PVD coloca como pimenta do baticum. Vai de ritmos caribenhos a coisas meio cubanas, chegando a lembrar os samplers das musiquetas da Jennifer Lopez.

Se você ainda não sabe o que é Chillout ou Ambiente Lounge, corre e compra logo esse CD, deite ou dirija em uma auto estrada, preferencialmente com o mar ao seu lado, segure nas estrelas e pule as galáxias porque o trance é algo espiritual.

Para completar a babação pelo PVD, se possível veja o show dele no Dance Valley 2005 na Holanda, coisa de louco. Quem me dera ser proprietário de uma conta nas caimãns, na edição 2006 minha ida a terra das vacas pintadas estaria garantida.

Se quer conhecer mais, ou ouvir música eletrônica das boas sem pagar nada, o lugar é esse:
http://www.di.fm/
Postar um comentário