domingo, 9 de dezembro de 2007

Shadow on the Sun

Faz tempo que não saio para a rua. Preciso de um refresco desses. Coisa do tipo rua alternativa. Gente que não penteia o cabelo e mesa grudenta. Cerveja popular ou caipirosca.
Ah! Resumindo, uma farra de sentir dor de cabeça por 24 horas.

Enquanto não realizo esse tão simples ato, ficou por aqui com o maravilhoso e muito romântico Euphoria Morning, disco solo do Chris Cornell. Esse CD já rodou tanto que deveria entrar no Guiness. É como o disco Version 2.0 do Garbage, você coloca no play e se ele se repetir por 4 horas, serão 4 maravilhosas horas de pura viagem cósmica e foda-se o mundo porque estou feliz (No caso do Garbage). Com o primeiro disco solo do Cornell já é diferente, e algo mais introspectivo, mas vai deixar a vida mais interessante enquanto o disco estiver rolando.

Chris Cornell - Preaching the End of the World



Garbage - You Look So Fine


Agora, se sua vida precisa de mais adrenalina, ou algo mais gritante, vai de Audioslave com o disco homônimo de 2002. É paulada no egg meu fio... Mas também tem poesia e lentinha.

Audioslave - Shadow On The Sun



Bem, acabo de citar 3 discos que são obrigatórios para qualquer praticante de audiofilia.
Se você já conhece a voz do Chris Cornell e da escocesa Shirley Manson vai dar vontade de revisitar, se você é analfabeto em música pop de primeira, corre logo e vai atrás dessas jóias.
Postar um comentário