segunda-feira, 2 de junho de 2008

Delegado, ONG, Muay Thai e um mundo idiota























As matérias do Fantástico de ontem (01 de junho)

Delegado denuncia corrupção no RJ e está marcado para morrer

O Delegado Alexandre neto diz:
- O esquema é montado de cima para baixo, o chefe de policia faz aquilo que o governador quer (Ele refere-se ao ex-governador Antony Garotinho, mas isso pode ser entendido para qualquer governador).






Empresário apontado como o maior comprador de terras da região Amazônica.

O sueco Johan Eliasch Fundou uma ONG (http://www.coolearth.org/) que “aceita” doações. Comprou terras que são até maiores que a cidade de São Paulo. Falou para as câmeras de alguns benefícios que fez pela população e seus projetos. Terminou desmascarado quando a reportagem comprovou que não existe nada do que a ONG diz ter feito em melhorias para a população.




É bom lembrar que é difícil julgar o que se passa na cabeça desse sujeito, que hoje mora na Inglaterra, país onde nasceu a campanha Salva uma árvore, mate um brasileiro.


Os selvagens do trânsito

Raiva, estresse, desequilíbrio? O que leva um motorista a perder a cabeça e provocar uma tragédia?
O Fantástico deu algumas opiniões mas não chegou a uma resposta... Mas eu tenho:
Punição para infratores, penas duras e policiamento, é assim que funciona no primeiro mundo.
Não existe isso de povo educado, existe povo que sabe que será punido.

Mas o que me deixou mais chocado foi a matéria sobre crianças que lutam Muay Thai aos 5 anos de idade. Até um pirralho de 3 anos é mostrado sendo incentivado por seu pai (O pai dá algumas porradas na cabeça da criança).
Campeonatos acontecem em vários lugares do mundo, e as crianças sobem o ring querendo ou não, já que os país é quem mandam...

São Por essas e outras que já cheguei a conclusão que IDIOCRACY é um filme visionário e muito, muito mesmo, atual e realista. Bem atual... Tanto que ele já é nossa realidade.

Parem essa porcaria de mundo que eu quero descer !
Postar um comentário