sábado, 2 de agosto de 2008

Os Ciclos

Esses últimos dias meses não tem sido fácil. Muitas mudanças, muitos solavancos e ainda por cima muita chuva, um clima escuro e uma casa úmida e contaminada por mofo e uma certa desesperança por tantos problemas seguidos e constantes.

Mas me parece que aquele dito popular é verdadeiro: “Cada um carrega a cruz que suporta”.
Como sempre me guiei por meus próprios conceitos, e isso tem um peso positivo quando existe o acerto e um negativo quando as coisas dão erradas, vejo que persisto nas minhas tentativas e teses sobre a vida: Ser honesto, continuar aprendendo e ter paciência.

Um dos meus preceitos é que a vida é feita de 70% de problemas e 30% de coisas boas. Algumas pessoas acreditam que possuem domínio sobre essa divisão, e eu lhes digo que ninguém conseguiu esse feito.

Se eu pudesse mensurar o sucesso de uma vida, lhes diria que vivo nesse equilíbrio de 70/30.
Infelizmente, quando estamos no auge das coisas positivas existe uma tendência a um sentimento de “tudo podemos” e “somos imbatíveis”. E sem nenhuma explicação lógica (ou mesmo lógica) somos abatidos pela força de uma reviravolta. Pode ser a perda de uma pessoa amada, a demissão de um emprego que parecia perfeito, uma doença que nos castiga ou até mesmo o sofrimento alheio, tudo isso nos joga aos indesejados 70%.

O que difere os perdedores dos ganhadores não são números ou recordes quebrados e estabelecidos, afinal, recordes sempre serão quebrados. Perdedores não são aqueles que deixaram de subir ao pódio, eles são os que não conseguem sobreviver aos 70% de problemas, e sucumbem na desesperança infinita.

Recentemente ouvi de um amigo empresário, um socialista, um sonhador inveterado, um idealista:
_Eu quero passar fome! Quero que dê tudo errado! Quero virar pó e começar tudo novamente!

Claro, ele está vivendo seus 30% de felicidade, que para muitos (incluindo eu) é um período que nos embriaga, fascina e entorpece nossa mente ao ponto da cegueira.
Mas porque diabos alguém que está no ápice de sua satisfação gostaria de passar por provações?

Eu lhes digo... Isso se chama: Sabedoria

Maior parte das pessoas levam uma vida inteira para descobrir que o prazer está na caminhada, e não na linha de chegada... Não no pódio... Não na colheita dos louros.

Como meu amigo bem sucedido, eu administrava minha consciência nos períodos demorados de bonança, eu sabia que as adversidade sempre chegam, mesmo que elas demorem, elas sempre chegam.

O que vai mudar em você depois de cada ciclo de problemas é o que irá lhe levar a soluções e problemas diferentes, e acredite, se você tiver um pouco de sorte, muita paciência e persistir na caminhada, você será um vencedor, independente de recordes ou pódios, será um vencedor.

Já sinto até o cheiro dos meus 30% se aproximando...
Já estou ouvindo o som dele...
Vai ser uma temporada fantástica de coisas boas...

David Guetta & Chris Willis - Love Is Gone


Para você que teve paciência de ler até aqui, toma ai um presente...

Você que é blogueiro vai pirar na batatinha fazendo arte com sua Cloud (Nuvem) usando as palavras encontradas no seu blog... Eu viajei ... Dá para criar posters, camisetas ou só exibir no blog, como essa minha aqui em baixo:

Cloud

















Entra nesse site: http://wordle.net/, é só clicar em Create your own e colocar a URL do seu blog.
Postar um comentário