segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Skol, idiota é você!

Senhoras e senhores,

Parei de tomar Coca-cola, na verdade, qualquer refrigerante.
O resultado é que estou me sentido muito bem com isso.
São só 39 dias sem refrigerante, e já notei uma melhora na minha saúde.
Se passei décadas tomando esse lixo, e em poucos dias (tenho a impressão) já vejo resultados, imagina isso a longo prazo.

Graças à propaganda da Skol, também vou parar de tomar cerveja.

A empresa se tornou a numero um em propagandas feitas para o humor idiota, onde os consumidores são idiotas.

Você ai que é fã dessa leva hype onde ser desmiolado é tudo de bom (alguém falou geração y?), pode ficar calmo, esse blog aqui é totalmente irrelevante. Seu BBB, PT no poder, musicas chulas e propagandas idiotas estão garantidas, isso não vai deixar de existir, afinal, é o que o povo gosta! (As vezes tenho dúvidas, já que a maior rede de TV do mundo é a Discovery).














Na nova propaganda da Skol, além de sujeitos pagando mico, surge um texto narrativo, onde me marcou bastante o trecho que diz: Eu sou bobo assim como você!
Hahahahaha! (Não tô rindo da propaganda, estou rindo dos consumidores)

Não encontrei a propaganda, mas todos já devem ter visto na TV.
Para relembrar que não é de hoje que a Skol trata seu publico como ele merece, tem esse:



Em breve a Skol deve lançar alguma propaganda mais direta, já que o publico ainda não conseguiu entender que está pagando para se alcoolizar, bestializar e graças a um certo apelo sexual, procriar mais estupituzinhos, lindos filhotes de idiotas.

Claro que ninguém vai aderir a minha campanha contra a Skol.
E vou mais além... Não vou só parar de beber Skol, não irei mais beber cerveja, já que a AMBEV é a dona de 90% das marcas de cerveja do Brasil (Não vou tomar as Uruguaias que são ótimas, com 900ml, mas aquilo também não deve ser muito saudável).

Isso vai ser ruim para mim?
Claro que não!
Irei migrar para o vinho e whisky, e como sempre bebo muito moderadamente, com motivação única e exclusiva de curtir o papo com os amigos, estarei ganhando mais pontos para minha saúde.

E se você acha que sou chato e metido a intelectual, saiba que adoro as propagandas bobas da Fiat, onde os jovens também fazem coisas idiotas, mas a marca não chama seus consumidores de antas e não vejo nada que se mostre perigoso a vida desses.

Obrigado publicitários da Skol, vocês conseguiram me convencer a ficar ainda mais longe desse lado da moda atual.

Como todos sabem, não tenho mais tempo para o Blog, nem para ler coisas que sei na prática/convívio com minha cidade. Mas gosto dos temas idiotização, alcoolismo e drogas, então gastei um tempo para achar números que você não vê na TV:

Vale lembrar que o índice de cura para viciados (em qualquer droga) que procuram ajuda é de 1% (Mas as clinicas de tratamento como as de estética, não divulgam esses números ruins).
  • Motoristas alcoolizados são responsáveis por 65% dos acidentes fatais em São Paulo
  • houve apenas um artigo cientifico falando sobre Cirrose Hepática Alcoólica a respeito dos cuidados de enfermagem com o paciente hospitalizado (artigo publicado em 1990), não sendo plausível sua análise devido à falta de um resumo estruturado.
(Isso quer dizer que a sociedade trata os alcoólicos exatamente como qualquer drogado, a melhor solução é vê-los mortos e enterrados).
  • O Alcoolismo é a terceira doença que mais mata no mundo. Imagino que deve ser a que gera a pior qualidade de vida também. E se para cada 10 indivíduos que bebem um se torna dependente, imagino que toda aquela alegria e gente bonita das propagandas de cerveja não sejam a realidade para muitos, que além de pobres e feios se tornarão um grave problema de saúde publica, muito maior que os fumantes dos anos 70 e 80.
E para a camada feminina, é bom lembrar que apesar de toda a evolução social das mulheres, seus corpos ainda são desprovidos da robustez que os homens ganharam durante a evolução.
A reação do corpo da mulher ao álcool é proporcional ao seu organismo, onde a única coisa semelhante ao homem é a perda da fertilidade, impotência, cirrose e diversos tipos de câncer.
Socialmente, todos os seres do sexo masculino que conheço continuam não valorizando mulheres fumantes e bêbadas, mas só por uma noite tem muitos que encaram (Isso sempre existiu, só não em numero tão assustador).

Quem diabos foi que inventou isso de que diversão é auto-destruição?

Postar um comentário