domingo, 27 de março de 2011

Domingo


A ultima semana não foi fácil.
Tenho uma tese sobre as coisas boas da vida, os bons momentos, e sendo sincero, funciona comigo.
Acredito que os momentos de felicidade e coisas prazerosas correspondem a 30% da vida de um ser que tem uma rotina normal (normal para o que esse ser achar... Normal). 70% é a realidade, ou seja, dureza e problemas a serem resolvidos. De contas a pagar a dores amorosas ou musculares.

Vamos dizer que o sujeito esteja vivendo seu momento de 30%, mas o preço é alto.
Estou tão quebrado, moído e obstinado, que esses 30% estão sendo os mais caros que já paguei na vida.
Está sendo ruim? De forma alguma, e só para resumir uma semana de vida, já poderia escrever um livro.
Como não tenho tempo, resumo em tags:

São Paulo, transito, ostentação, carros, prédios, Vila Madalena, Vila Mariana, Vila Olímpia, Hocca Bar, Astor, Outback, Paralelo 12:27, 25 de março, surdez, Keane, Stella Artois, Bohemia, Itaipava, Skol, Brahma, bolinho de bacalhau, telefone dos infernos, negócios, +negócios, morte no avião, modelo de negócio, tecnologia, família (dos outros), filhos (dos outros), responsabilidade, coração de pedra, mais responsabilidade, 10 graus.

E aqui, um domingo quente, cheio de trabalho, cheio de elocubrações, pensando em como administrar tudo e ao mesmo tempo ir no aniversário do meu amigo Pablo.

São os 30% mais caros de todos os tempos. E olha, só dá para contar aqui nesse espaço público, a parte fácil da vida.

Se eu fosse moderno, classe D ou geração Y, entraria aqui uma foto da caneca de chopp gigante que "ganhei" de uma famosa churrascaria. Mas sou velho, feio, gordo e cansado, além de pobre.

E para confundir mais ainda a cabeça dos que vivem comigo na vida real, olha só a minha trilha sonora da manhã de domingo:

Blur - Badhead



So far i've not really stayed in touch
well you knew as much
it's no suprise that today
i'll get up around two from a lack of anything to do

and i might aswell just grin and bear it
because it's not worth the trouble of an argument

and you have not really stayed in touch
well i knew as much
its no suprise that today
i'll get up around two with nothing to do
except get a touch of flu

and i might aswell just grin and bear it
because it's not worth the trouble of an argument
and in any case i'd rather wear it
it's like a bad head in the morning

and i know

and i might aswell just grin and bear it
bcasue it's not worth the trouble of an argument
and in any case i'd rather wear it
it's like a bad head in the morning


Para aqueles que gostam de se assustar com coincidências...
A imagem de cima é a capa do disco Parklife do Blur, cujo o single tem essa singela capa:

Postar um comentário