quinta-feira, 21 de julho de 2005

Anathema - Leave no Trace

Leave no Trace

Born to the glare of the senses
Spoon-fed reality infused
A new inherent -
passive contentment
you are so easily amused

Here and now we
are gone in a heartbeat
a dream in the
passage of time
chances are fading
this world isn't waiting
the moment is passing you by

Questions lie beneath the surface
the fools are fooled once again

Benign coincidence -
we stole our existence
and gladly cast it to the wind

Here and now we
are gone in a heartbeat
a dream in the
passage of time
chances are fading
this world isn't waiting
the moment is passing you by

Slowly spinning on the wind back home...

----------------------------------------------------------------

Despedida sem marcas

Nascido para o deslumbramento da sensatez
Engolindo a realidade insinuada
Um novo eu
Contentamente passivo
você é tão facilmente entretido

Aqui e agora nos
estamos entrando em compasso
Um sonho dentro da
Passagem do tempo
As chances estão sumindo
Este mundo não está esperando
O momento está acabando para você

Duvidas repousam sob a superfície
O tolo está fazendo besteiras de novo

Bendita coincidência
nos roubamos nossa existência
E alegremente lançamos isto para o vento

Aqui e agora nos
estamos entrando em compasso
Um sonho dentro da
Passagem do tempo
As chances estão sumindo
Este mundo não está esperando
O momento está acabando para você

Dilatando lentamente o vento que sopra

OBS: No fim da música, ele repete várias vezes...
No future, No morning

Olha lá... Não vai se matar :-D
Postar um comentário