sexta-feira, 26 de outubro de 2007

Você está louco!

Você sabe quem é Ricardo Semler?

Lá estava eu, no maravilhoso processo de compras no supermercado [Homem odeia supermercado]. Pra variar, cansado [em 3 dias 6 horas de sono, 2 clientes felizes e uns 3 amargurados]. 22:00h e eu lá, empurrando carrinho.
Resolvi passar pela seção de livros. Você sabe, supermercado tem de livro a coxinha, de sabonete a veneno para rato [Meus textos são um horror, pense num camarada pra tergiversar].

Voltando... Tá lá, seção de livros auto-ajuda-empresarial. Sabe aqueles livros do tipo, Pai Rico Pai Pobre, Como ficar Milionário, Venda sua mãe... Isso mesmo, aquela parte das livrarias que só tem sujeitos se achando Bill Gates, e comprando livros de outros que também se acham, mas que pelo menos estão levando uns trocados de uns trouxas.
O trouxa aqui, pega um livro que sempre fica me olhando. O mesmo que acontece comigo nas visitas a locadora de DVD. Tem filmes que me olha assim meio de lado, faz aquela cara de bichinho de Madagascar, olhar de gato do Shrek, mas eu nem me sensibilizo, dou o desprezo e levo uns cinco filmes ou livros que imagino serem bons.
[Lá vai uma dica: não leia contracapas de filmes e livros, ou você assiste um pedaço ou lê umas páginas. Normalmente o que está escrito nas contracapas é algo absurdamente fútil e marqueteiro. Arisque, tenha coragem, força nesse momento, e leve para casa o desconhecido... Ops, lá vai o senhor ai pensando em levar um negão para sua patroa né? Seu swinger safado!]

Voltando ao começo [Se você leu até aqui ou é totalmente desprovido de algo melhor a fazer ou quer saber quem é esse Semler].

Nas quatro páginas que li de “Você está louco!”, tive a sensação de estar diante do maior FAKE já editado da história. Esse tal de Ricardo Semler já deve ter comido a Madonna, dado uns tapas em toda a família Gracie e quem sabe não foi ele que decepou o dedo do Lula [Bem que poderia ter partido ele ao meio!?].

Nesse pequeno trecho do livro, esse rapaz deu uma palestra para 100 bilionários no hotel Ritz em Paris, enfiando o dedo nos olhos desses poderosos. Participou de outro papo educacional com uns Sheiks que para manter seus filhos humildes mandavam os moleques para a escola de ônibus mas davam Boings cor de rosa para as filhas e uma coleção de 11 Ferraris para outro adolescente. Também nessas quatro páginas, o Sr. Semler ligou do Brasil para o chefão da família Rockfeller, conseguindo falar com o “homi” em 3 minutos. Viajou para New York, apertou a mão do todo poderoso dos Rockfellers e fechou uma sociedade 50/50 entrando com US$ 2 mil [Algo como um átomo do sapato do Sr. Rockfeller].

Por módicos R$ 36,00 [Caro para um livro de supermercado], trouxe para casa essa obra a ser estudada. Pelo menos agora conheço a cara desse Ricardo, se ele passar perto, já grudo meu traseiro na parede, tá doido... Com um cara desses não se brinca!

Olha o que o Gilberto Dimenstein, falou sobre o Ricardo Semler: Coluna GD

Ainda tem esse artigo: O maior reengenheiro do Brasil

[Eu já tinha terminado... Mas ai fui ver o site da empresa do Semler... Hahahahaaha! Pelo amor de Deus, pare o mundo... Esse livro vai mudar minha vida! Bem, pelo menos posso ir trabalhar de bermuda. Isso vai mudar minha vida, vou ficar sem emprego!]

http://semco.locaweb.com.br/pt/content.asp?content=3&contentID=605

Imperdível... Nosso jeito! Cê tá loko!... Hahahahhaha!

Continua aqui...
Postar um comentário