quinta-feira, 13 de maio de 2010

Twitter é o Tomagochi da geração Glee

Todo mundo sabe que ele era boiola, mas se fosse hoje?

O Twitter é algo muito mais interessante de ser estudado por psicólogos e sociólogos do que por tecnólogos ou marketeiros. É um "déja vù" do SecondLive, e para provar isso basta você fazer uma enquete nas ruas de qualquer cidade do Brasil, e perguntar a um transeunte o que é Twitter... Pode fazer melhor, entre em uma loja de informática e pergunte aos funcionários quantos deles tem Twitter.

Lembra da coisa mais idiota do mundo (uma delas) chamada Tomagochi? Pergunte a alguém que tem 25/30 anos hoje se ele teve um Tomagochi... Muitos que usaram esse brinquedo irão mentir, afinal, não dá para ser idiota a vida inteira.

Mas, algumas poucas pessoas no planeta ficaram ricas com Tomagochis, SecondLife, Fazendinha e a bola da vez, Twitter. Estou finalizando um projeto de site, e claro, lá terá um icone do Twitter, e teremos que colocar assuntos no Twitter, pelo menos até quando durar essa hype.
No mundo do tudo pelo social, o mais curioso de se ver é que a cada dia que se passa, o mundo é mais e mais excludente e elitizado (para quem prefere e tem grana para ficar com o melhor), sobra para o publico a alienação, já que basta um assessor de imprensa para publicar uma matéria em várias mídias e tudo se propagar (é a verdade fabricada). Me mostre a conta bancária de um blogueiro que ficou rico, de um Twitteiro que não se enquadre em duas das situações: busca pelo dinheiro ou busca pela fama (o segundo é a maioria, em busca da famosa popularidade), e eu passo a acreditar no Twitter.

Da mesma forma que SecondLife e a explosão da Internet nos anos 90, o Twitter é só mais uma das coisas a lá banda de axé, vapor! As casas de tijolos e as empresas do mundo real "ainda" valem muito mais que as coisas construídas em códigos binários. Triste realidade para essa minoria que vive de internet.

E você ai defensor do Twitter... Calma, irei mostrar o outro lado da moeda!
O Twitter é uma ferramenta de protesto!


Entendeu porquê o símbolo é um passarinho?
Postar um comentário