quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Pato Fu... Teatro da UFPE

Foto: Gabriela Lima via Giramundo

Quer entender porque o Pato Fu é minha banda nacional preferida?
Olha o ultimo texto da Fernanda Takai no seu blog:

Por favor, Não pare o casamento!

Padre, se o senhor estiver lendo isto é porque não cheguei a tempo da cerimônia. Já peço desculpas a todos por essa falta de etiqueta. Pelo menos o show é em Belo Horizonte, torci muito pra que não fosse no Amapá, por exemplo. Nem pedindo emprestado o jatinho da Ivete Sangalo ia dar jeito… Então daqui a pouco estarei com vocês na festa. É que no espetáculo de hoje tem muita criança e elas sempre querem nos abraçar no fim, tirar foto… não podia deixá-los, mesmo tendo dito que hoje é o casamento do meu irmão mais novo. Pensei em mandar um texto enorme, pra dar tempo de eu chegar, mas resolvi não exagerar. Espero que o pessoal que está filmando seja bom pra eu poder ver depois. Dizem que só os noivos tem paciência pra assistir aos vídeos de casamento do início ao fim. Pelo menos já sabem que eu quero assistir a tudo mesmo, sem acelerar as cenas…

O Rafael me pediu pra escrever sobre casamento… justo eu que não fiz um casamento nos conformes. Quer dizer, no civil a gente se casou. Mas não teve uma cerimônia tão bonita assim, num lugar lindo, cheio de amigos e parentes queridos… Minha mãe deve estar feliz porque o casamento do Vitor e da Janaína também foi lindão e o do Rafael e Eliza com certeza será inesquecível.

Falando sério, eu nunca pensei em me casar. Isso até a hora que a gente encontra alguém com quem quer ficar por muito tempo junto. Daqui a poucos dias completo 15 anos de casada com o John. Nossos pais também estão casados há muitos e muitos anos. E embora minha mãe seja viúva, ainda considera que o tempo de casada com meu pai está contando. Os pais da Eliza também… Nossas famílias tem histórias de longa duração e isso é cada vez mais raro. Tirando pela média geral, vocês tem a previsão de pelo menos uns 35 anos juntos. Tá bem, arredondei um pouco pra cima, matemática nunca foi meu forte…

A mensagem que queria deixar para Rafael e Eliza é de que estamos comemorando muito o início dessa vida em comum de vocês. E que o mais importante do dia a dia é vocês se lembrarem porque estão juntos. Tem amizade, tem amor, atração, planos e objetivos. Mas também tem falta de tempo, problema pra resolver, conta pra pagar, família pra administrar… Então a soma de tudo isso tem que ser o “sim” que vão dar um ao outro. Já que vocês gostam de videogame, é como se a cada final de dia fosse o fim de uma fase. Vocês dão um “salvar” e fica tudo contando pro balanço final. Se o dia não foi tão bom, não salvem. Voltem pro momento anterior onde os seus pontos e vidas contavam mais. Às vezes é preciso reconhecer passos errados pra voltar ao percurso ainda mais fortes.

Eliza, eu me lembro da primeira vez que estivemos no Japão e te conhecemos. Torci muito para que fosse você a namorada que o Rafael pudesse ter… engraçado, né? Acho que você foi amor à primeira vista da família inteira.

Rafael, você sempre vai ser o filhotinho mais novo da mamãe e de todos nós. Apesar de saber de sua competência pra cuidar de sua vida, estaremos aqui se precisar.

Sempre penso nas pessoas que já partiram quando momentos especiais assim acontecem. O nosso pai é certamente uma delas. Como ele estaria orgulhoso - do jeito comedido dele – ao ver esse novo laço familiar se formar… Então imagino que todas as nossas estrelas do céu comemoram silenciosamente mandando sua luz diretamente aos nossos corações.

Padre, esta mensagem já ficou grande demais e tenho certeza de que suas palavras serão mais eficientes do que as minhas. Obrigada por dar voz a estas linhas.

PS: só queria acrescentar que não tenho nadinha a dizer para impedir este casamento! Calo-me para sempre!

Fonte: Blog da Fernanda Takai

O Show Brinquedo de Criança será na sexta dia 10 no Teatro da UFPE, começa as 21:30h. Inteira R$ 70,00 Meia entrada R$ 35,00. Venda na Livraria Saraiva (Shopping Recife) e bilheteria do teatro.

Se você tem filhotes que curtem música, leva a molecada... Aposto que vai ter muita criança e país jovens que sabem bem do que o mundo precisa.

Postar um comentário