terça-feira, 14 de dezembro de 2010

John Lennon - Rebeldia não é publicidade


E quem disse que para ser legal tem que ser quadrado e bundão?
E quem diabos disse que para ser legal tem que ser auto-destrutivo e babaca?

O John Lennon sempre foi minha interpretação do protesto valido, da rebeldia produtiva.
Em 8 de dezembro de 1980, um louco calou a boca de um dos maiores artistas da historia. Mas sua voz continua reverberando pelo mundo. Seus ensinamentos não valeram de muita coisa, as pessoas preferem o Paul McCartney e seu jeitão popular. Eu sempre achei que os Beatles eram o John, e ponto.

Como aconteceu com o aniversário de Hiroshima e Nagasaki, o mundo parece esquecer cada vez mais fatos e pessoas que lutaram por um mundo melhor.

Que bom achar no "Obvious" uma sequencia de 3 posts sobre esse grande poeta e cantor:

JOHN LENNON: NÃO POSSO SER O QUE EU NÃO SOU 

JOHN LENNON & YOKO ONO: SOMOS SÓ UM

O DIA DO ASSASSINATO DE JOHN LENNON

Beatles - Strawberry Fields Forever
Postar um comentário