segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Recife e suas injustiças - A Guerra da Passagem de Onibus


Segundo dia de protestos em Recife contra o aumento das passagens de onibus.

A polícia que deveria evitar confrontos e a baterna, atira com balas e bombas contra estudantes.
É essa a metodologia do governador Eduardo Campos, que é neto do falecido Miguel Arraes, político que passou parte da vida no exilio, graças a ditadura militar que ele lutou.

Porém, o legado do neto é igual ao do avó, um caçador de votos, politico de carreira, que almeja hoje uma candidatura a presidência do Brasil. Vai sonhando Dudu!

Espero que os protestos continuem, que o povo se una aos estudantes, e que de forma pacífica a cidade pare em protesto.

O transporte público em Pernambuco é muito ruim, a cidade não tem um planejamento urbano que cuide da arborização, e a cada dia temos mais e mais cimento no lugar do verde. Somasse a isso o calor típico no Nordeste, e o povo cozinhando dentro de ônibus lotados, pagando um preço já alto.

Olhem bem esse vídeo, e em seguida vejam o outro, com a campanha politica do então candidato Eduardo Campos, prometendo (como sempre) reduzir as passagens de ônibus.
A Internet é uma memória que não se apaga. Ferramenta ideal para desmascarar os caras de pau!

Eu poderia rechear esse desabafo com fotos e vídeos da truculência dos policiais, mas prefiro que tanto o povo quanto a polícia se tornem parte da escolha, a escolha pelo bem comum.
Já os governantes, que eles sejam vitimas da própria comida que comem e do ódio que alimentam.









Postar um comentário