domingo, 26 de junho de 2011

Hanna - Filmaço


Depois de comprovar que o Arnaldo Jabor não entende nada de cinema... Assistindo "Se Beber Não Case 2" (contra indicado por ele) e me divertindo como filho de bandido quando o pai tá preso, encontrei mais um filme para deixar o sujeito vidrado na tela...

Hanna não é um filme para rir, não é para chorar, é para se divertir com uma dessas tramas simples, feito para comer pipoca e mesmo assim, ficar ansioso pelo desenrolar da historia.



Quando falei sobre a Saoirse Ronan em Um Olhar do Paraíso (Lovely Bones), já imaginava o quanto seria brilhante a carreira dessa garota. Antes de Lovely Bones ela atuou junto com a Keira Knight em "Desejo e Reparação" (Atonelement), filme meio chato, mas com atuações fortes (Tá bom, o filme é fraco, vi mesmo pela Keira). HannaDesejo e Reparação são obras do diretor Joe Wright, que também é dono do épico e chato "Orgulho e Preconceito" (Olha a Keira novamente). Mas dessa vez ele acertou, Hanna é comparado ao famoso e fantástico "O Profissional" (Leon) do Luc Besson.

Se você é novato aqui no blog, pode infartar, eu não conto o enredo de filme.

A única coisa que posso revelar é que a Saoirse Ronan ficou perfeita no papel de uma adolescente de 16 anos assassina profissional (alguém ai lembrou de Nikita?), sua face e corpo nunca convenceriam uma formiga a teme-la. Esse inclusive é o único ponto fraco do filme, as cenas de luta não convencem.

Saoirse Ronan voltará a trabalhar para o Peter Jackson (que a dirigiu em Lovely Bones) na sequencia do Senhor dos Anéis (The Hobbit: An Unexpected Journey). Novamente aparecerá ao lado da Keira Knight em uma nova versão de Anna Karenina com direção do... Joe Wright (Achou que só existia panelinha no cinema brasileiro?).

Se ainda não ficou convencido a ver o filme, talvez a trilha sonora do Chemical Brothers faça a diferença...
Simplesmente fantástica. A cartada final é a presença da Cate Blanchett, ela faria até filme do Renato Aragão valer a pena.



Postar um comentário